Entenda o que é Cálculo Renal

Os cálculos urinários, popularmente conhecidos por pedras nos rins, são formações endurecidas que se instalam em qualquer parte do trato urinário, resultante do acúmulo de cristais existentes na urina.

 

O nosso trato urinário é composto por dois rins, dois ureteres (canal que leva a urina dos rins até a bexiga), uma bexiga e uma uretra. Os rins são órgãos excretores localizados abaixo da caixa torácica e são responsáveis por filtrar diariamente cerca de 150 litros de sangue, mantendo o equilíbrio interno de nossos organismos por meio da excreção urinária de substâncias como cálcio, oxalato, ácido úrico, citrato e água.

 

Quando algumas moléculas, normalmente excretadas pelos rins, encontram-se em excesso ou quando o volume de líquido e substâncias protetoras encontram-se reduzidas, pode ocorrer a formação de cálculos.

 

Substâncias formadoras de cristais

 

- Cálcio;

- Oxalato;

- Fosfato;

- Ácido úrico;

- Cistina;

- Estruvita.

 

Substâncias protetoras na urina

 

- Água;

- Citrato.

 

A depender de fatores como tamanho e localização dessas pedras, os sintomas podem variar, os mais comuns incluem dor forte na região lombar e abdominal, associada ou não a náuseas e vômitos. Também pode ocorrer febre, ardência ao urinar, frequência urinária aumentada e sangramento na urina.

 

Os principais fatores de risco são a hidratação insuficiente, o consumo exagerado de sal e proteínas, a transpiração excessiva, a obesidade e causas genéticas.

 

O ultrassom de rins e vias urinárias pode ajudar no diagnóstico, porém a tomografia computadorizada sem contraste é considerada o exame padrão ouro para diagnosticar a doença, bem como para ajudar no planejamento terapêutico, identificando características como tamanho, localização e densidade das pedras.

 

Com o avanço tecnológico atual, pode-se dizer que, quando necessária alguma intervenção cirúrgica, a grande maioria dos procedimentos é minimamente invasiva, mediante a realização de cirurgias endoscópicas com laser (pelo canal urinário).

 

Caso você perceba algum dos sintomas descritos, é necessário procurar atendimento médico de urgência. O urologista é o especialista responsável pelo diagnóstico e tratamento (clínico e cirúrgico) de doenças relacionadas ao trato urinário masculino e feminino, tais como os cálculos urinários.

Prevenção

 

E lembre-se do mais importante: a prevenção é sempre o melhor caminho! Algumas medidas simples podem evitar a formação de cálculos urinários:

- Ingerir bastante líquidos – 2 a 2,5 litros ao dia;

- Diminuir o consumo de sal e produtos industrializados, enlatados e embutidos;

- Evitar alimentos com alto teor de oxalato, como espinafre, nozes, pimenta e chá preto;

- Diminuir a ingestão de proteína animal, como carnes vermelhas;

- Manter uma dieta balanceada, rica em vegetais e fibras;

- Ingerir sucos de frutas cítricas, como limão, laranja e abacaxi;

- Praticar exercícios físicos sempre com uma boa hidratação.

 

Uma maneira fácil e prática de avaliar se a ingestão de água ingerida está satisfatória é observar a cor da urina. Se a urina estiver transparente a amarelo claro significa que você está bem hidratado. Em caso de urina escura, você deverá aumentar a quantidade ingerida.

 

 

EMERGÊNCIA UROLÓGICA

O Hospital OTOclínica dispõe de plantão urológica para atender casos de urgência e emergência, equipe especializada e tecnologia de ponta para procedimentos de médio e grande complexidade. Além de consultórios para atendimento eletivo.

 

SERVIÇO

Plantão Urológico

Segunda a sexta, de 7h às 19h (demais dias e horários, equipe de sobreaviso)

Hospital OTOclínica

Av. Antônio Sales, 990 - Joaquim Távora

Contato: (85) 3466.1133 - contato@hospitalotoclinica.com.br 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

PROCESSO SELETIVO : Unidade Sul - Hospital OTOclínica

18 Sep 2018

1/10
Please reload

Posts Recentes